08/03/2019 às 14:48

Duplicação da BR-470 e incentivos fiscais na pauta de encontro entre líderes do comércio e governador

O presidente do SINDILOJAS Blumenau, Emílio Rossmark Schramm, integrou comitiva de diretores da Fecomércio SC e lideranças empresariais em visita de cortesia ao governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, na tarde desta quinta-feira, dia 7. Entre os temas discutidos no encontro, a duplicação da BR-470.

Na pauta, estiveram ainda as ações da Federação em defesa do setor terciário, a capilaridade do Sesc e Senac no Estado, as Parcerias Público-Privada (PPPs), os desafios para competitividade e incentivos fiscais, um dos temas mais sensíveis para o setor produtivo.

O chefe do Executivo reafirmou o compromisso de ouvir todos os setores econômicos catarinenses na reformulação da política de concessão. “O governador garantiu que os novos incentivos fiscais serão concedidos com a transparência necessária, e terão que passar por análise e votação da Assembleia Legislativa”, destacou o presidente do SINDILOJAS Blumenau.

Carlos Moisés também afirmou que o governo não concederá benefícios a empresas específicas, mas a setores como um todo. Ainda nesta quinta, o governo encaminhou para a Assembleia Legislativa, em regime de urgência, dois projetos de lei que tratam dos benefícios fiscais. 

O encontro ocorreu na Casa d’Agronômica, e durou cerca de uma hora. A delegação da Fecomércio SC, liderada pelo presidente da entidade, Bruno Breithaupt, contou com seus vice-presidentes, e ainda com o presidente da Acats, Paulo Cesar Lopes, e o da Adac, Valmir Muller. Além do governador, receberam a comitiva o secretário da Casa Civil, Douglas Borba, e o secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo, Lucas Esmeraldino.

 

BR-470

Na condição de representante do Comitê da Duplicação da BR-470, Emílio Schramm também entregou em mãos documento contendo dados relativos à rodovia. Um deles causou surpresa a Moisés: o de que em apenas 56 dias de impostos, é possível pagar toda a duplicação do trecho entre Navegantes e Indaial, de 73,2 quilômetros.

“O governador foi sensível ao nosso apelo, entende a urgência da duplicação, e se colocou à disposição para trabalhar pela conclusão das obras”, informou o presidente do SINDILOJAS Blumenau.

 

agronomica01.jpg