20/07/2020 às 12:13 - Atualizado em 16/09/2020 às 14:00

NOTA DO SINDILOJAS BLUMENAU

O SINDILOJAS Blumenau tem trabalhado com firmeza e sem descanso pelos interesses dos empresários do comércio, e lamenta a situação a que chegou a epidemia do novo coronavírus em Blumenau e nos municípios de sua área de atuação.

Temos agora que conviver com um lockdown de sete dias, nos quais todos os estabelecimentos do comércio e de serviços não essenciais estarão de portas fechadas. Com certeza, tal momento ampliará as dificuldades para o nosso varejo, que já vive meses críticos. 

Dito isto, viemos por meio deste comunicado apoiar as medidas anunciadas pelo prefeito Mário Hildebrandt, que sem dúvida demandaram coragem e comprometimento com a saúde dos blumenauenses.

Desde março, o governo do Estado e as prefeituras estão alertando sobre os cuidados necessários para o combate à pandemia, e que não obedecer às recomendações criaria, em questão de semanas, terrível pressão no atendimento aos pacientes da Covid-19, inclusive com a falta de leitos de UTI para os casos mais graves.

Na prática, viu-se que tal pedido foi e tem sido desconsiderado. Grande parte da população continuou agindo como se em período de normalidade, não obedecendo às recomendações e desafiando os decretos e medidas restritivas em bares, restaurantes, eventos desnecessários e, sobretudo, em festas particulares!

Lamentavelmente, o comércio – cujos estabelecimentos têm se esmerado em seguir todos os procedimentos de segurança e higienização – é o segmento que está pagando o alto preço pela irresponsabilidade de todos.

Problemas com a imagem

Sobre o Sindicato

Sindicato do Comércio Varejista de Blumenau

  • Endereço:
    Rua Eugen Fouquet, 133 - Victor Konder
  • CEP: 89012-140
  • Processo: 349
  • Telefone(s): (47) 3221-5750 / (47) 99971-0940
    Fax:
  • Email contato: sindilojas@sindilojasblumenau.com.br
  • Presidente:
    EMÍLIO ROSSMARK SCHRAMM